Energisa Sul-Sudeste investe mais de R$ 38 milhões na região de Presidente Prudente

  • Valores foram empenhados em obras e melhorias executadas nos 24 municípios atendidos pela distribuidora;    

    

  • Investimentos realizados em 2020 fazem parte dos mais de R$ 190 milhões destinados para os 82 municípios que compõem a concessão da empresa;
       
  • Além das obras, Energisa também destinou recursos para ações de combate à pandemia de Covid-19.    

   

A Energisa Sul-Sudeste investiu R$ 38,72 milhões na região de Presidente Prudente ao longo do ano de 2020. Mesmo em um período de restrições por conta da pandemia da Covid-19, o montante foi empregado em diversas iniciativas, com o propósito de garantir e melhorar o fornecimento de energia nos 24 municípios onde empresa atua.      

De acordo com o diretor Técnico e Comercial da Energisa Sul-Sudeste, Rodrigo Brandão Fraiha, a prioridade da empresa é oferecer um serviço cada vez melhor aos clientes, garantindo uma oferta de energia permanente e segura, levando bem-estar à população. Dessa forma, a Energisa se mantém como vetor essencial para o desenvolvimento econômico e social das regiões em que atua.        

“Estamos atentos e atuando com foco para vencermos esse momento tão difícil que a pandemia nos trouxe. O cenário atual é um novo desafio para o setor elétrico. Por isso, seguimos à risca diversos protocolos para garantir a saúde e a segurança dos nossos profissionais, atuando com os nossos trabalhos de melhoria e modernização para levar energia elétrica com qualidade para os nossos clientes”, destaca.       

No pacote dos R$ 38,72 milhões estão contempladas: as obras da quinta subestação de Presidente Prudente, a SE Presidente Prudente II, aumentando a capacidade energética do município; a conclusão da nova linha de distribuição de alta tensão de 138 mil volts também em Prudente; a aquisição do novo transformadores para a cidade de Santo Anastácio, sendo que somente o equipamento do último município beneficiou aproximadamente 19 mil clientes, incluindo moradores de Santo Anastácio, Emilianópolis, Piquerobi, Presidente Bernardes e Ribeirão dos Índios; melhorias na Subestação P5, em Prudente, localizada na Avenida Alberto Bonfiglioli; e conclusão da reforma no sistema de transmissão de 88 mil volts, favorecendo consumidores das regiões de Prudente, Presidente Bernardes, Presidente Venceslau e Santo Anastácio.   

Ao longo de 2020 a Energisa Sul-Sudeste ainda realizou um trabalho preventivo de manutenções programadas na rede elétrica das áreas urbanas e rurais, totalizando 52.563 reparos nas 24 cidades atendidas, entre substituição de postes, troca de componentes como cabos e conexões, além de podas de árvores com risco para as redes de baixa, média e alta tensão.       

Os investimentos na região não param. No cronograma da companhia estão previstas a implantação de religadores automáticos com o sistema self-healing, ampliação das redes protegidas, melhorias nas linhas de distribuição de média tensão e a continuação do plano de modernização e automação das redes de energia, com a instalação de equipamentos que visam agilizar o restabelecimento da energia de forma remota, direto do Centro de Operação Integrado, sem a necessidade de deslocar uma equipe até o local da ocorrência.  

A continuidade dos investimentos teve reflexos positivos nos indicadores de qualidade nos municípios atendidos, nos últimos cinco anos. Com relação aos indicadores de qualidade do fornecimento, o DEC (Duração Equivalente de Interrupção por Unidade Consumidora) teve uma redução de 61% na média do tempo em que os clientes ficaram sem energia. Já o FEC (Frequência Equivalente de Interrupção por Unidade Consumidora) teve uma redução de 63%, o que representa que a quantidade de vezes que a energia foi interrompida também diminuiu mais que a metade em relação a 2015.    

Diante disso, a Energisa Sul-Sudeste tem percorrido um caminho de investimentos em todos os municípios da sua área de atuação. Desde 2014, quando assumiu a concessão, a distribuidora já investiu cerca de R$ 1 bilhão, visando a melhoria contínua do fornecimento de energia das localidades onde atua, contribuindo também para o desenvolvimento das regiões. Já no ano passado, apesar das medidas de contenção à pandemia de Covid-19, a Energisa Sul-Sudeste encerrou o período com mais de R$ 190 milhões em investimentos.    

     

Responsabilidade social     

Desde o ano passado, a Energisa tem se empenhado em ações de combate à pandemia de Covid-19, por meio do movimento Energia do Bem. Foram destinados mais de R$ 8 milhões em diversas frentes em parceria com organizações com o objetivo de proteger seus colaboradores e clientes, além de assegurar a prestação dos serviços essenciais à sociedade.     

 Para as localidades atendidas pela Energisa Sul-Sudeste, em 2020, foram entregues mais de 1.700 itens de higiene pessoal, limpeza e alimentação para entidades que cuidam de idosos, entre elas o Lar São Rafael, em Presidente Prudente. A companhia ainda doou máscaras respiratórias PFF-2 à Secretaria Municipal de Saúde de Prudente, para auxiliar na prevenção dos profissionais da saúde que atuam na linha de frente de combate ao coronavírus. 

Além disso, o Grupo Energisa somou forças com a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) para a distribuição de cestas básicas a famílias carentes de diversos municípios, incluindo Presidente Prudente. 

Em fevereiro deste ano, a Energisa realizou a doação de dois respiradores para o tratamento de pacientes com Covid-19, que são atendidos na Unidade Básica de Saúde (UBS) da Cohab, conhecida popularmente como Cohabão, também em Prudente. 

E, por fim, nesta semana, a empresa entregou ao Hospital Regional de Presidente Prudente 100 kits de testes para detecção do coronavírus (Sars-CoV-2). Os exames de antígeno com swab nasal vão contribuir para que a unidade de saúde prossiga com o diagnóstico rápido da doença nos pacientes internados, auxiliando na avaliação clínica para ocupação de leitos. 

“Mais do que fornecer energia elétrica com qualidade, temos o compromisso adicional de apoiar as comunidades”, finaliza Rodrigo.    

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Proteção contra força bruta. * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.