Projeto de zeladoria é iniciado nos bairros da zona norte de Prudente

A Prefeitura de Presidente Prudente iniciou nesta segunda-feira (01/03) o Projeto de Zeladoria no setor 3, que compreende o bairro Brasil Novo e todo entorno. O bairro recebe o mutirão de serviços com diversas melhorias estruturais, como limpeza, recolhimento de entulhos, dentre outros serviços.

Os trabalhos ainda seguem simultaneamente no Setor 2 onde as equipes dão sequência aos serviços de limpeza entre outras melhorias, até que sejam concluídos todos os bairros. O setor 2 compreende os bairros: Jardim Itapura, Santa Filomena, Parque Furquim, Vilas Iti, Marcondes, Luso e Mendes.

No bairro Brasil Novo, o mutirão de serviços, com auxílio de maquinários realizam os serviços de poda nos canteiros das avenidas, além do apoio de caminhões no recolhimento de galhos de árvores e da Campanha Cata-Treco com a retirada de entulhos jogados nas áreas públicas.

O Projeto de Zeladoria é realizado pela Prefeitura por meio da Prudenco (Companhia Prudentina de Desenvolvimento) com envolvimento da Sosp (Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos) e Semea (Secretaria Municipal do Meio Ambiente)

– Sobre o Projeto de Zeladoria:

O projeto de zeladoria mobiliza diversas equipes para promover melhorias nos bairros, com mutirão da Operação Cata-Trecos, serviços de limpeza, poda do mato, roçagem, rastelagem das áreas verde, recolhimento de entulhos da Operação Cata-trecos, com apoio de caminhão para retirada de entulho acumulado por moradores.

O projeto de zeladoria é determinado pelo prefeito Ed Thomas com o objetivo de manter a cidade de Presidente Prudente limpa e organizada. As ações de zeladoria tiveram início desde o primeiro dia do governo e foram intensificadas com o novo projeto de zeladoria, que concentra os serviços de limpeza e manutenção em 11 setores da cidade.

Fonte: Secretaria de Comunicação

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Proteção contra força bruta. * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.