Seduc inicia plano de busca ativa para reverter evasão escolar

Seduc inicia plano de busca ativa para reverter evasão escolar

A pandemia provocou mudanças de grandes proporções na educação. Em 2020, o ano letivo foi cumprido, em sua maioria, na modalidade remota, com aulas ministradas por meio das plataformas digitais e atividades impressas para serem realizadas em casa, fora do ambiente escolar. Este cenário contribuiu para que muitas crianças perdessem o vínculo com a escola, total ou parcialmente. Com o objetivo de reverter essas evasões na rede municipal de ensino, a Secretaria de Educação (Seduc) está elaborando um projeto intersetorial de busca ativa, em conjunto com as secretarias de assistência social, saúde e Conselho Tutelar. O primeiro encontro para estabelecer as parcerias aconteceu na última quarta-feira (10/02).

Em 2020, dos 18.731 matriculados na rede, 3%, cerca de 560 estudantes, não estabeleceram comunicação com as escolas, por nenhum meio. “Os profissionais da educação buscaram as mais variadas estratégias de comunicação com as crianças e suas famílias. Mesmo com todos os esforços e esgotados os recursos escolares e extraescolares, muitas crianças perderam o vínculo. Foi um período de incertezas, que causou insegurança nas famílias”, relatou a titular da Seduc, Sonaira Fortunato.

A diretora de gestão da educação infantil da pasta, Francielle Bonfim Beraldi, relata que a rede optou pela aprovação de todos os matriculados, inclusive os evadidos, ponderando que os anos de 2020 e 2021 serão considerados como um continuum curricular. “Vamos trabalhar para que este ano estas crianças sejam localizadas, participem de reforços e das ações complementares da Seduc com psicólogas e assistentes sociais, para que recuperem o que não acompanharam em 2021”.

Na reunião, também foi construído coletivamente o ‘Plano Municipal de Volta às Aulas Presencial’ (PMVAP), baseado em três eixos, que são o acolhimento socioemocional, a recuperação e aprofundamento da aprendizagem e a prevenção do abandono e evasão escolar.

O encontro também contou com a participação da assistente técnica Fernanda Diamante, da diretora do departamento de gestão do ensino fundamental Patrícia Toledo de Lima Dias, das representantes do Centro de Avaliação e Acompanhamento (Centrinho) e integrantes do Setor de Ações Complementares a Educação (Sace).

“O primeiro encontro foi bastante satisfatório, os representantes dos demais setores que estavam presentes concordaram em trabalhar engajados pela educação pública municipal, buscando desburocratizar o acesso às informações e facilitar o diálogo entre os serviços”, concluiu a secretária.

Fonte: Secretaria de Comunicação

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Proteção contra força bruta. * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.