Governo de Prudente e entidades de classe reivindicam melhorias no edital de privatização do Aeroporto Adhemar de Barros

O Aeroporto Estadual Adhemar de Barros de Presidente Prudente faz parte do pacote de concessão de 22 aeroportos regionais de São Paulo, cujo edital de privatização segue em aberto. Para reivindicar alguns pontos pertinentes, governo legislativo estadual, executivo e legislativo municipal e conjunto de entidades representativas, reuniram-se com a subsecretária de Parcerias, Tarcila Reis Jordão, e corpo técnico do governo na tarde desta terça-feira (02/02), no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo.

Ao lado do deputado estadual Mauro Bragato, do prefeito, Ed Thomas, Willian Leite, vereador, e Marcos Lucas, presidente da Aviesp (Associação de Agências de Viagens do Interior do Estado de São Paulo), o presidente da UEPP (União das Entidades de Pres. Prudente e Região), Renato Mungo, também representou o (Codepp – Conselho de Desenvolvimento Econômico de Pres. Prudente), OAB 29ª Subseção, Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo), Acipp (Associação Comercial e Empresarial de Pres. Prudente) e Sinhores (Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de Pres. Prudente).

Durante o encontro que aconteceu no gabinete do vice-governador, Rodrigo Garcia, foi entregue ofício com reivindicações que contemplam as necessidades para a construção de um novo saguão e área de embarque no aeroporto prudentino, o qual também seja preparado para recepcionar um Porto Seco com serviços na área aduaneira (Receita Federal) e, assim, poder funcionar como um Terminal Intermodal.

 

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Proteção contra força bruta. * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.