Prefeitura inicia testagem para Covid-19 em 548 pessoas em instituições para idosos

Prefeitura inicia testagem para Covid-19 em 548 pessoas em instituições para idosos

Testes serão realizados em idosos e profissionais que atuam nas 15 ILPIs de Prudente

Embora toda população esteja suscetível a contrair o coronavírus, a Covid-19, é válido afirmar que os idosos fazem parte dos grupos sujeitos ao agravamento da doença. Inclusive, dos 59 óbitos confirmados em Presidente Prudente até esta terça-feira (11/08), 46 pessoas tinham mais de 60 anos.

Na tentativa de conter o avanço da doença nesta população, a Prefeitura deu início à testagem nos moradores das ILPIs (Instituições de Longa Permanência para Idosos), bem como nos profissionais que atuam nos locais. Ao todo, 548 pessoas serão testadas.

Nesta quarta-feira (12), a ação foi promovida em 128 pessoas do Lar São Rafael. Nesta quinta (13), a partir das 9h, serão outros 53 testes na Vila da Fraternidade. Em ambos os dias, a iniciativa conta com parceria dos Rotarys Clubs de Prudente, por meio da Campanha ‘Corona Zero’, que além dos testes RT-PCR (Transcrição reversa seguida de reação em cadeia de polimerase), cedeu todos os EPIs (Equipamentos de Proteção Individual) aos profissionais envolvidos na ação.

Segundo o titular da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde), Valmir da Silva Pinto, em ambas as instituições será feita a coleta Swab de nasofaringe, cujo material será enviado à análise do IAL (Instituto Adolfo Lutz). Nas outras 13 ILPIs, ele conta que será realizado o Teste Rápido Sorológico Qualitativo IgG e IgM, ou seja, mostrará se a pessoa está com a doença, bem como fará a identificação qualitativa de anticorpos para Covid-19.

“Isso é feito para que possamos ter um controle maior do que está acontecendo dentro dessas instituições, pois esta é uma população suscetível ao agravamento da doença, por isso temos de tomar um cuidado maior. Quando se detecta um caso positivo, imediatamente esta pessoa é isolada para evitar a contaminação dos demais”, explica Valmir.

O governador assistente do Rotary Prudente, Paulo Roberto Montefusco, reforça que a intenção é justamente proteger os idosos que vivem nas ILPIs. Além disso, ele comenta que todos que participaram da ação, incluindo a imprensa, tiveram de passar pelo teste rápido para não oferecer risco aos idosos. “Aqueles que porventura apresentarem resultado positivo têm de sair do local”.

Assim como nesta quarta, a testagem em todas as ILPIs contará com parceria com a Unoeste (Universidade do Oeste Paulista), por meio do curso de Enfermagem e a Residência Multiprofissional em Saúde do Idoso. “É uma oportunidade de os alunos conhecerem mais afundo aspectos relacionados à doença e os procedimentos técnicos que envolvem o diagnóstico. Além disso, é importante que os acadêmicos saibam que durante uma pandemia, estamos na linha de frente do combate”, destaca a professora doutora do curso de Enfermagem, Larissa Sapucaia Ferreira Esteves.

Fonte: Secretaria de Comunicação

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Proteção contra força bruta. * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.