Guia do Estudante: Unoeste estrela 34 graduações entre bacharelados e licenciaturas

Publicação da Editora Abril reforça qualidade dos cursos da universidade

Foto: Ector Gervasoni

Constante atualização e investimento em educação são marcas que transformam por meio do conhecimento

A Unoeste brilha como uma constelação quando o assunto é excelência em educação superior. O Guia do Estudante (GE), da Editora Abril, divulgou o selo de qualidade que classifica cursos superiores com 3, 4 ou 5 estrelas num processo que durou cerca de oito meses de avaliação de mais de 17 mil cursos no país. As informações foram publicadas no GE Profissões – Vestibular 2019. A universidade teve 34 cursos avaliados entre bacharelados e licenciaturas, sendo que 92% destes mantiveram o conceito elevado ou cresceram.

A graduação em Ciências Contábeis foi classificada com 3 estrelas em 2016 e 2017, mas em 2018 subiu o patamar para 4 estrelas, conceito considerado “muito bom” pelo GE. “Estamos buscando enxergar à frente para melhorar sempre. Existe uma sintonia entre coordenação, professores e alunos”, segundo o coordenador do curso Luiz Roberto Darben. Para isso, o segredo é observar. “Temos que ver o que o mercado precisa, adequamos à grade curricular para que os alunos entendam nossa proposta”, ressalta.

Passo a passo. O bacharelado em Ciências Biológicas também cresceu na avaliação, agora tem 4 estrelas. “Houve um aumento no cadastramento de projetos de pesquisas, o estágio supervisionado foi reformulado e, assim, os alunos ficam mais próximos da profissão”, de acordo com o coordenador Dr. Silvério Takao Hosomi, que agora celebra 4 estrelas também na licenciatura. “Nos dois cursos têm ocorrido evoluções significativas nas produtividades acadêmicas; professores e alunos têm participado de atividades de extensão, congressos e assim vão se sobressaindo em avaliações como Enade e em programas de pós-graduação de diversas instituições de ensino”, detalha Hosomi.

O Dr. Carlos Eduardo Assumpção de Freitas, coordenador de Fisioterapia, já imaginava que o curso chegaria as 4 estrelas. “Era uma elevação esperada, pelos investimentos que temos feito, por exemplo, com as metodologias ativas. Fortalecemos o corpo docente e aumentamos a produção científica. Acho que somos um dos cursos de graduação que mais publica”, afirma o docente, que já planeja salto ainda maior. “Nossa meta é subir sempre. Estamos intensificando a parte do projeto pedagógico e é mérito de todo mundo. Sempre tivemos muito apoio”, pontua Freitas.

E por falar em evolução, a graduação em Nutrição potencializou o curso para alcançar as 4 estrelas, como expõe a coordenadora Marilda Moreira da Silva. “Mexemos na grade curricular, para o aluno ter atividades práticas desde o início e investimos em novos equipamentos para a clínica. Então, é um conjunto de ações que proporciona resultados”, explica. O avanço, para a docente, vem desde o Enade de 2016, quando os acadêmicos alcançaram conceito máximo. “Os alunos estão motivados por perceberem que há um empenho da nossa parte. Ficamos muito felizes com os resultados”, celebra Marilda.

Avaliação

A alegria dos coordenadores se justifica com a rigidez do processo para alcançar os conceitos. Para chegar as estrelas, um processo de oito meses, dividido em cinco etapas, ocorre no decorrer do ano. Atualização de dados da instituição, definição dos cursos que atendem os requisitos, preenchimento de formulários, pesquisa de opinião com os pareceristas e, por fim, as notas que se transformam em estrelas para atribuir conceitos às graduações de todo país.

Constelação da Unoeste

As 34 graduações estreladas são: os bacharelados em Administração (4), Agronomia (3), Arquitetura e Urbanismo (3), Biomedicina (4), Ciência da Computação (4), Ciências Biológica (4), Ciências Contábeis (4), Direito (4), Educação Física (4), Enfermagem (3), Engenharia Ambiental e Sanitária (3), Engenharia Civil (3), Engenharia de Produção (3), Farmácia (3), Fisioterapia (4), Fonoaudiologia (3), Jornalismo (4), Medicina Veterinária (4), Nutrição (4), Odontologia (3), Psicologia (3), Publicidade e Propaganda (4), Química (3), Sistemas de Informação (4) e Zootecnia (4); além das licenciaturas em Artes Visuais (4), Ciências Biológicas (4), Educação Física (4), História (3), Letras (4), Matemática (3), Música (3), Pedagogia (4) e Química (3).

Aline Blasechi – Mtb: 40.055
Gabriela Oliveira – Mtb: 74.037
Gustavo Justino – Mtb: 77.973
Mariana Tavares – Mtb: 59.807
Homéro Ferreira – Mtb: 29.054
João Paulo Barbosa – Mtb: 74.030
 
Assessoria de Imprensa Unoeste
Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Proteção contra força bruta. * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.