Rogério Júnior garante prata no 2° Brasil Internacional

Foto: Cedida/ Rogério Junior: Rogério e Eduardo jogaram juntos pela primeira vez e conquistaram o prata
 
Na quarta competição deste ano, Rogério Júnior Xavier de Oliveira voltou para Presidente Prudente com mais um bom efeito. Mesmo insatisfeito com seu resultado na categoria individual durante o 2° Brasil Internacional de Parabadminton, que ocorreu em São Paulo (SP) do dia 9 a 12, o prudentino conseguiu alcançar o segundo maior lugar no pódio na categoria dupla. Ao lado de Eduardo Oliveira, do Rio de Janeiro (RJ), os brasileiros superaram quatro duplas, a primeira formada por um polonês e um colombiano, a segunda sendo dois mexicanos, a terceira, dois brasileiros e o último triunfo contra dois alemães. Rogério e Eduardo foram parados apenas por japoneses, ao serem derrotados e ficarem com a segunda colocação da categoria SU5 (comprometimento dos membros superiores).
Feliz com a apresentação da dupla, Rogério afirma que vão continuar treinando juntos para conquistarem o ouro na próxima. “Vamos trabalhar para no próximo buscar o 1° lugar! Este foi o primeiro internacional que jogamos juntos e já fomos muito longe, mas ainda queremos mais e temos toda chance de subir ao lugar mais alto do pódio”, destaca.
Colocando a competição como uma das mais importantes do ano, o atleta de 17 anos enfatiza a experiência que obteve nos dias de competição. “Ganhei muito conhecimento com atletas e técnicos de outros países durantes os dias que estivemos juntos, são bons estes momentos que o esporte proporciona”, afirma. Mesmo feliz com a medalha de prata, Rogério esperava mais de sua participação na categoria individual, onde não conseguiu passar da fase de grupos. “O que posso dizer é que, em meu ponto de vista, no meu desempenho faltou um pouco de mim, faltou um pouco de tranquilidade, paciência na finalização. O resultado não foi como eu gostaria! Porque enfrentei adversários muito fortes que foram os que chegaram ao pódio”, destacou.
De acordo com Rogério, seus treinos reforçados não foram o bastante na competição, mas aguarda as próximas para poder obter os resultados esperados. “Treinei muito, me dediquei o máximo, mas infelizmente os adversários foram melhores. Ganhei novos aprendizados e com isso irei trabalhar para que a próxima competição possa ser com 100% de aproveitamento para conseguir uma medalha no individual”, enfatiza o atleta.
Ainda no aguardo do Bolsa Atleta, o prudentino está na expectativa de disputar o Torneio de Parabadminton que ocorre na Dinamarca, em outubro. Além deste, o próximo compromisso confirmado do atleta ocorre nos dias 6 e 11 de setembro, na terceira etapa nacional e no Pan-Americano do Peru, de 6 a 11 de novembro.
 
Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Proteção contra força bruta. * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.