Em diferentes frentes, elas estão com tudo!

Foto: Gabriela Oliveira

Relese_Ana_Ambiel.jpg

Legenda: Ana Ambiel foi a melhor aluna de zootecnia na USP, coordena na Unoeste o 2º melhor curso da área no Brasil, e é presidente de comissão do CFMV
 
Anos de lutas pela igualdade de gênero resultam em grandes conquistas e o empoderamento feminino ganha força no mundo
 

Elas são empreendedoras, ocupam importantes cargos e estão em quase todos os campos do mercado de trabalho. Os anos de lutas pela igualdade de gênero resultam em grandes conquistas, e o contemporâneo termo “empoderamento feminino” ganha força no mundo. Em diferentes frentes, elas são destaques como líderes.   

“O lugar da mulher é onde ela quiser! Vemos a presença feminina em várias áreas, como nas agrárias, nas engenharias, no transporte, na construção… Acredito que essas barreiras serão vencidas com capacitação”, ressalta a Dra. Ana Cláudia Ambiel, que coleciona inúmeras conquistas, como nas avaliações externas, afinal, ela coordena a única graduação em Zootecnia particular do Brasil com conceito máximo (5) pelo Ministério da Educação (MEC).

A área das agrárias foi uma escolha natural para ela, pois cresceu num sítio em Americanas (SP). E a busca por altos níveis sempre esteve presente em seus objetivos, inclusive foi a melhor aluna da turma de zootecnia da USP, em 1992. Hoje, além da coordenação na Unoeste, ela também é presidente da Comissão Nacional de Educação em Zootecnia, do Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV), e participa de ações em todo o país.

Outro exemplo é a Maria Helena Cerávolo Lemos, que se destaca como empreendedora. Fez biomedicina e formou-se na 1ª turma de Farmácia da Unoeste, em 1981. É uma das fundadoras e atual diretora administrativa do Unilab, centro de análises clínicas referência no oeste paulista, e presidente do Sindicato de Clínicas, Hospitais e Laboratórios de Prudente e Região. “O posicionamento atual do Unilab é fruto de 33 anos de muito trabalho, persistência, profissionalismo e qualidade comprovada pela acreditação DICQ – Sistema Nacional de Acreditação”. Ela afirma que ainda há desafios para as mulheres, principalmente ao conciliar família, trabalho e vida pessoal. “A mulher deve, primeiramente, se preparar em conhecimentos, ter objetivos, propósito claro e ser persistente para conseguir suas realizações profissionais e pessoais”.

A jovem Mariana Crespo Calza é presidente da atlética do curso de Odontologia. Segundo ela, os três cargos da diretoria são ocupados por mulheres e mesmo com tantas informações, ainda existe resistência masculina, em alguns casos. Mas o que realmente importa, para ela, é realizar um bom trabalho, como a premiação na Gincana Filantrópica da Unoeste deste ano, por ter sido a graduação que mais arrecadou leite para doação. “Fazemos diversas ações sociais e o nosso pensamento sempre foi: fazer o bem, faz bem”.

Foto: Cedida
Release_Maria_Helena.jpg


Legenda: Maria Helena, diretora do Unilab – centro de análises clínicas referência no oeste paulista, é farmacêutica formada pela Unoeste
 

Aline Blasechi – Mtb: 40.055
Mariana Tavares – Mtb: 59.807
Gabriela Oliveira – Mtb: 74.037
Gustavo Justino – Mtb: 77.973
Homéro Ferreira – Mtb: 29.054
João Paulo Barbosa – Mtb: 74.030

Assessoria de Imprensa Unoeste

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Proteção contra força bruta. * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.