Com Jair Bolsonaro, “Roda Viva” tem segunda maior audiência da história, só atrás de Sergio Moro

O candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro, participa do programa Roda Viva

Pré-candidato do PSL teve o ibope mais alto entre os presidenciáveis recebidos neste ano pelo programa de entrevistas da TV Cultura

O “Roda Viva” com Jair Bolsonaro atingiu a segunda maior audiência do ano com a presença do candidato à presidência Jair Bolsonaro: 2,4 pontos de média com picos de 3 pontos. Nas redes sociais, no entanto o programa foi assisto por milhões de pessoas em diversas páginas de facebook e canais do youtube que replicaram o conteúdo original da Roda Viva. Só no youtube oficial da TV Cultura 200.000 pessoas assistiram.

Além disso, o assunto “Roda Viva” foi o assunto mais comentado no twitter mundial.

Em relação à semana passada, quando Geraldo Alckmin foi sabatinado, o ibope do programa cresceu seis vezes.

O recorde do “Roda Viva” em 2018 é do juiz Sergio Moro.

Os números são prévios e contemplam a Grande São Paulo.

‘Roda Viva’ com Bolsonaro chega a 2,3 pontos de audiência

Jair Bolsonaro é líder entre os presidenciáveis — ao menos, no Ibope da maratona eleitoral do Roda Viva, da TV Cultura. A entrevista do candidato do PSL, transmitida ao vivo na noite desta segunda-feira, teve média de 2,3 pontos de audiência na Grande São Paulo, com pico de 2,8, no final do programa. Foi, de longe, a mais vista das entrevistas de pré-candidatos.

Ciro Gomes, o segundo colocado no ranking de audiência dos presidenciáveis no Roda Viva, teve 1,1 ponto de média. Alvaro Dias (PV) aparece 0,4 ponto atrás, com 0,7 de média. E Marina Silva (Rede), Manuela D’Ávila (PCdoB) e Henrique Meirelles (MDB) surgem empatados na quarta colocação, com 0,6 ponto de média.

 
Ibope dos presidenciáveis no ‘Roda Viva’, da TV Cultura

À frente de todos os concorrentes, Bolsonaro só correria risco de perder, na disputa pela audiência, para Luís Inácio Lula da Silva. Detido em Curitiba, no entanto, o ex-presidente e pré-candidato do PT à Presidência não deve participar do programa.

Repercussão nas redes

Bolsonaro também alcançou uma grande repercussão nas redes sociais, onde o programa foi transmitido ao vivo, via Facebook, Twitter e YouTube, onde tinha, na reta final, 228 000 sintonizadas. Os números de Facebook e Twitter do ex-militar ainda não foram divulgados.

No YouTube, ele ultrapassou até a marca do juiz Sergio Moro, que era recorde do programa. Moro teve 130 000 visualizações, mas levou a melhor no Ibope, com 3,8 pontos de média no Ibope.

Números alcançados pelos presidenciáveis nas redes, durante a transmissão do ‘Roda Viva’

 

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Proteção contra força bruta. * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.