Procurador diz que Lava-Jato não muda o Brasil, se sistema não foi melhorado

A UEPP (União das Entidades de Presidente Prudente e região) recebeu nesta quinta feira (21) o Procurador da República e coordenador da força-tarefa da Lava-Jato, Deltan Dellagnol, para palestrar sobre o tema Corrupção e Ética e apresentação da nova campanha “Unidos contra a Corrupção”. O encontro aconteceu no Centro Cultural Matarazzo e reuniu cerca de 400   autoridades, entidades e sociedade civil.

Agradecendo o convite da entidade, para o Procurador, se os brasileiros querem um país melhor, precisam fortalecer a sociedade civil. “A UEPP é um exemplo desse fortalecimento, tanto pela sua atuação quanto pela busca por melhorias e transparência na coisa pública através da campana vote consciente, por exemplo”, disse.

Conforme Deltan, ao contrário do que muitos acreditam, não somos um país corrupto, inclusive, somos o segundo país mais honesto da América Latina. “Entendemos que a corrupção da base da pirâmide do Brasil é relativamente pequena. O problema é quando entra na conta a corrupção das elites, aonde o polo econômico mundial chega a nos colocar como o quarto país mais corrupto do globo”, informou.

Atualmente na 54ª fase, Deltan não acredita que a Lava-Jato irá mudar o Brasil, apesar de ser um passo na direção certa. “A corrupção sistêmica pode ser comparada ao apodrecimento de maçãs em um barril, não basta retirar as maçãs podres, é preciso mudar as condições do ambiente. Se não mudarmos o quadro de impunidade e sistemas, a Lava-Jato vai significar apenas a troca de rostos de corruptos no Poder”, ressalva.

O legado deixado é que a população precisa sem conscientizada. Nesse sentido, foi lançada nesse mês a campanha Unidos contra a Corrupção, a qual incentiva todo brasileiro a votar, de acordo com sua preferência ideológica, mas que opte por candidatos que sigam três requisitos básicos: passado limpo, compromisso com a democracia e que apoie o pacote anticorrupção, a qual foi desenvolvido por cerca de 200 especialistas e ataca a corrupção em 12 frentes diferentes.

O pacote

Para ter acesso as medidas, basta acessar o sitewww.unidoscontraacorrupcao.org.br

 

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Proteção contra força bruta. * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.