Educa Pontal programa ações que irão impactar três setores

Intervenções formativas atenderão candidatos gremistas, professores de anos iniciais e manejo de tecnologia

Camélia, Enio, Danielle, Ivani e Cidinha: novas ações do Educa Pontal (Foto: Cedida)

Idealizadores e executores do Programa Educa Pontal definem ações para este primeiro semestre de 2021. Serão três intervenções formativas, iniciadas com os candidatos aos grêmios estudantis que passarão por abordagens sobre ética, cidadania e democracia. Professores formados em pedagogia e que atuam nos anos iniciais serão instruídos para o uso de ferramenta inclusiva de alunos com deficiência. Aos funcionários que atuam no manejo de tecnologias serão apresentados recursos da educação a distância para que utilizem no apoio prestado aos professores do ensino básico envolvidos com aulas híbridas.

Implantado em 2019, o programa atende as especificidades do Pontal do Paranapanema e foi idealizado em parceria da Unoeste e Diretoria de Ensino da região de Mirante do Paranapanema que abrange ainda outros sete municípios: Estrela do Norte, Euclides da Cunha Paulista, Narandiba, Rosana, Sandovalina, Tarabai e Teodoro Sampaio. Juntos abrigam mais de 86 mil habitantes e nas 29 escolas estaduais são mais de 7,5 mil alunos, atendidos por 1,1 mil profissionais da educação. Nestes oito municípios estão mais de 70 dos 117 assentamentos da reforma agrária de todo Pontal que tem mais de 6 mil famílias assentadas em 32 municípios.

Com programação semestral, as próximas ações foram definidas esta semana em reunião na Unoeste, na Pró-reitoria de Extensão e Ação Comunitária (Proext), com a recepção aos participantes feita pelo pró-reitor Dr. Adilson Eduardo Guelfi. O encontro foi articulado pela coordenadora de ações extensivas, Cidinha Martines, com as participações do dirigente de ensino Enio Magro, acompanhado da coordenadora do Núcleo Pedagógico – Projetos Especiais, Ivani de Souza Pereira; da coordenadora do Educa Pontal, Dra. Danielle Aparecida do Nascimento dos Santos; e da Dra. Camélia Santina Murgo.

Novas demandas

No primeiro momento, com o Dr. Adilson, houve a apresentação da avaliação sobre as atividades do segundo semestre de 2020, classificada como excelente por Enio e Ivani que agradeceram a Unoeste pela grande contribuição e apresentaram as novas demandas, extraídas de sugestões dos envolvidos nas ações anteriores. A primeira ação do atual semestre está prevista para 11 de março com live de formação para os alunos das chapas inscritas nos grêmios estudantis, ministrada pelo professor do curso de Pedagogia a distância Ademir Henrique Manfré. Ele irá trabalhar com o guia “Caderno Grêmio em Forma” da secretária estadual da Educação.

Conforme Danielle, coordenadora dos cursos de Pedagogia presencial e a distância, o professor Ademir irá enfatizar temáticas importantes, tais como ética, cidadania e democracia; no sentido de contribuir com os candidatos gremistas e acolhedores subsídios a serem inseridos em suas plataformas. Outra ação será pelo Programa de Pós-graduação Stricto Sensu em Educação, que oferta mestrado e doutorado, no qual Danielle está inserida e também a Dra. Camélia Santina Murgo.

Alunos especiais

Aos professores formados em pedagogia e que lecionam nos anos iniciais, Camélia conduzirá a formação online de utilização do Currículo Europeu para a Resiliência (Rescur); ferramenta voltada à promoção de inclusão de alunos com deficiência. Desenvolvido por equipe internacional, o currículo é voltado ao desenvolvimento de competências de comunicação, mente positiva, autodeterminação e recursos; além de proporcionar a transformação de desafios em oportunidades e de estabelecer e manter relações saudáveis. Camélia iniciou trabalhos com o Rescur quando no pós-doutorado em Portugal, na Universidade de Lisboa.

A terceira ação do atual cronograma do Educa Pontal envolverá os funcionários contratados para o manejo das tecnologias, vinculados à Secretaria Escolar Digital, da secretaria estadual da Educação. São trabalhadores disponibilizados para auxílio tecnológico aos professores e que terão a oportunidade de atividade formativa pelo curso de Pedagogia a distância, vinculado ao Núcleo de Educação à Distância (Nead) da Unoeste. O Educa Pontal ocorre em sintonia com o Conviva-SP, Programa de Melhoria da Convivência e Proteção da Escola.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Proteção contra força bruta. * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.