Guia do Estudante reconhece a Unoeste como a melhor particular do país na área de Biológicas e da Terra

Pela 3ª vez consecutiva, Agronomia, Ciências Biológicas, Medicina Veterinária e Zootecnia formam a área premiada pela publicação da editora Abril

Foto: Gabriela Oliveira

Coordenadores das graduações envolvidas: Ana Ambiel, Glaucia Kanashiro, Silvério Hosomi e Carlos Tiritan

Há 28 anos, o Guia do Estudante (GE) avalia as graduações do país. Há 14 aponta quais as melhores Instituições de Ensino Superior (IES) do Brasil, entre públicas e particulares. E pelo 3º ano consecutivo, a Unoeste recebe o tradicional Prêmio Melhores Universidades GE na categoria por área do conhecimento: Ciências Biológicas e da Terra. A consolidação no topo da área envolve os cursos de Agronomia, Ciências Biológicas, Medicina Veterinária e Zootecnia. Entre as públicas, a USP ficou com a primeira colocação.

Com excelência em estrutura, os campi da Unoeste e a fazenda experimental ocupam mais de 3 milhões de metros quadrados. Nesta área, são mais de 70 clínicas e laboratórios além do Hospital Veterinário (HV); elo entre o ensino das graduações e a realização de pesquisas nos cursos. “É o reconhecimento do trabalho desenvolvido e visibilidade nacional”, segundo a coordenadora do curso de Medicina Veterinária, Glaucia Prada Kanashiro, que falou sobre diferenciais. “Implantamos laboratório de simulação e, no último ano, são seis meses de prática no HV e mais seis de estágio. Sem contar que temos especializações, mestrado, doutorado e programa de internacionalização”, ressalta.

Fonte respeitada e buscada pelos estudantes, o guia da editora Abril considera as instituições que tiveram pelo menos três cursos avaliados. A Zootecnia, por exemplo, está acostumada a ser avaliada. O curso coleciona conquistas e a coordenadora considerada “destaque do ano” na área, Dra. Ana Ambiel Corral Camargo, atribui os êxitos a um conjunto de fatores. “É a construção ao longo de um processo. Importante que a matriz curricular esteja atendendo as demandas do mercado. E temos pessoas engajadas com um único objetivo, que é promover a qualidade do curso. Não se faz nada sozinho”, afirma Ana.

Essa interação entre professores, alunos e apoio da universidade nas ações do curso também são apontados como motivos para o sucesso pelo Dr. Carlos Sérgio Tiritan, que coordena Agronomia. “Temos qualidade na infraestrutura, corpo docente e empenho dos discentes”, relata. O GE classifica os cursos da Unoeste como melhores da região, escolha certa para quem busca o melhor na área. “É um orgulho muito grande. É espetacular ser avaliado como um dos melhores do Brasil”, frisa Tiritan.

Ser top no país fortalece a autoestima e comprometimento da equipe docente e discente, de acordo com o coordenador de Ciências Biológicas Dr. Silvério Takao Hosomi. “Mostra o foco na missão de formar profissionais e cidadãos comprometidos com a responsabilidade social e ambiental”. O bacharelado tem 4 estrelas desde 2014 e a licenciatura, que passou a ser avaliada em 2017, já igualou a classificação. “O curso proporciona ampla formação e o aluno escolhe entre a área da saúde, a da biotecnologia e a do meio ambiente. É o estudo da vida em todos os níveis de organização e suas relações com o ambiente, o que exerce um fascínio sobre o ser humano”, conclui Hosomi.

Aline Blasechi – Mtb: 40.055
Gabriela Oliveira – Mtb: 74.037
Gustavo Justino – Mtb: 77.973
Mariana Tavares – Mtb: 59.807
Homéro Ferreira – Mtb: 29.054
João Paulo Barbosa – Mtb: 74.030
 
Assessoria de Imprensa Unoeste
Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Proteção contra força bruta. * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.